Barra de Pesquisa

Carregando...

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

PODE OU NÃO PODE? - PCdoB realiza reunião para escolha de fiscais na sede do sindicato dos trabalhadores rurais em Lago da Pedra

Reunião politica no STTR de Lago da Pedra-MA.
Na noite da ultima segunda-feira(26), o blog recebeu denuncias de que estava acontecendo uma movimentação estranha, na sede do sindicato dos trabalhadores rurais da cidade de Lago da Pedra -MA.

Por coincidência ou não, já estávamos próximo ao local, e logo nos dirigimos para lá, onde encontramos também muitos curiosos.

estávamos afastado um pouco mais fomos percebido logo por um dos simpatizantes do movimento. 

População estranhou a movimentação noturna
Logo após sermos visto pelo simpatizante conhecido por Ivan, fomos logo insultado de forma debochada; perguntando o que que fomos fazer la, naquele local. 

Nós sabemos que a rua é publica e que para passar naquele local só exite uma via, e por tanto torna obrigatório a passagem por lá.

O senhor que ficou incomodado com mossa presença, é motorista de carro de som, uma D-20 branca, e mora no bairro Serra Dourada em Lago da Pedra.

Um outro senhor que ficou incomodado com a presença das pessoas por lá, foi o mesmo que foi conduzido pra delegacia para prestar esclarecimento no lugar de seu irmão, sobre a confusão em relação ao insulto ao encarregado da firma que estava colocando asfalto na avenida Alomeza em Lago da Pedra.

Leia:

Ao consultarmos nossas fontes. Veja o que diz as leis em relação a esse episódio.

PROPAGANDA ELEITORAL EM SEDE DE SINDICATO. BEM DE USO COMUM. IRREGULARIDADE. OFENSA AO ART. 37 DA LEI Nº 9504 /97. PENA DE MULTA. SOLIDARIEDADE DO PARTIDO POLÍTICO. ART. 241 DA CÓDIGO ELEITORAL . CONHECIDO E IMPROVIDO. O partido político é responsabilizado solidariamente pelos atos praticados por seus candidatos e adeptos, a teor do art. 241 do Código Eleitoral , quanto à prática da propaganda eleitoral.

 A sede de sindicato, embora propriedade privada, para efeitos eleitorais é considerado bem de uso comum, sujeitando-se, portanto, ao disposto no art. 37 da Lei nº 9504 /97. Propaganda eleitoral ali praticada é considerada irregular, sujeitando-se à pena pecuniária do § 1º do mesmo dispositivo legal.

II - DA ANÁLISE E FUNDAMENTAÇÃO:


Da análise da legislação eleitoral, depreende-se que nenhuma entidade, especialmente a sindical, pode ajudar candidato em eleições para cargos públicos. É vedado, pois, qualquer uso das dependências da entidade para promover candidato, seja discurso, seja jantar, seja principalmente doação de dinheiro ou de algum outro bem.

Com efeito, o art. 24, VI, da Lei n° 9.504/97 dispõe que “é vedado, a partido e candidato, receber direta ou indiretamente doação em dinheiro ou estimável em dinheiro, inclusive por meio de publicidade de qualquer espécie, procedente de: VI - entidade de classe ou sindical”.

Por: Vilmar Ferreira

Farra do asfalto chega à Lago da Pedra

Avenida Alomeza
Assim como em outros municípios, Flávio Dino envia asfalto para tentar salvar Mauro Jorge.

Depois de Caxias, Coroatá, Paço do Lumiar e Lagoa Grande, Flávio Dino envia força tarefa da Edenconsil para jogar borra de asfalto também em Lago da Pedra. O Ministério Público Estadual precisa intervir urgentemente nesse claro crime de favorecimento eleitoral, patrocinado com dinheiro público pelo governo do Estado.

Ao autorizar a pavimentação de ruas e avenidas por todo o estado, com um asfalto totalmente fora dos padrões exigidos, sem licitação e ainda colocar seus aliados como responsáveis pela chegada do asfalto aos municípios, o governador Flávio Dino demonstra pouco se importar com a legislação eleitoral.

E a farra do asfalto, chegou também à Lago da Pedra. Diante da eminente derrota do seu aliado, Mauro Jorge, a empresa Edenconsil foi autorizada à pavimentar ruas e avenidas de Lago da Pedra, e anunciar aos quatro cantos que Mauro Jorge foi o responsável pela obra.

O governador estará hoje (28) de corpo presente em Lago da Pedra para avalizar a candidatura do seu aliado e sua autoria quanto ao projeto de asfaltamento. Não resta dúvida, de que tudo não passa de obras eleitoreiras, e com dinheiro público!

E após as denúncias por toda a mídia maranhense e pela própria população, o MPE até agora não se posicionou diante desse descalabro.


Fonte: Blog do Carlinho

Programa mais asfalto chega e gera insegurança em Lago da Pedra

A chegada da viatura policial
O programa mais asfalto chega a Lago da Pedra e causa desconforto para aliados de candidatos na cidade.

O que seria motivo de comemoração para a o povo, causou um certo tipo de desconforto e insegurança pata a população.

Bem não chega a começar o serviço de recapeamento asfáltico, que os aliados dos candidatos ficam trocando farpas.

Confusão entre aliados politicos
O grupo da prefeita Maura Jorge anunciou em carro de som a chegada do programa mais asfalto em um trio, e a queima de foguetes.

Por outro lado, aliados do candidato Mauro Jorge, estiveram no local, dizendo que o asfalto quem trouxe foi o grupo deles.  

Enquanto isso aliados de Mauro foram tirar  satisfação com o encarregado da empresa responsável pela colocação do asfalto. Não deu outra, a policia teve que ser chamada para intervir no caso e teve que levar uns alterados para prestar esclarecimento na delegacia.

A população com medo do que pudesse acontecer, evitou ate de passar pelo local, porque nos últimos dias assessores de candidatos estão muito nervosos.

TSE autoriza envio de forças federais para Lago da Pedra e mais 43 muninicípios maranhense

Imagem Ilustrativa
Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral autorizaram na noite de terça-feira, 27 de setembro, envio de forças federais para 44 municípios maranhenses. São eles: Amarante do Maranhão, Araióses, Água Doce do Maranhão, Arame, Bacuri, Barra do Corda, Fernando Falcão, Benedito Leite, Bequimão, Bom Lugar, Buriti, Buriticupu, Bom Jesus das Selvas, Cajari, Carolina, Codó, Coelho Neto, Coroatá, Cururupu, Guimarães, Lago da Pedra, Matinha, Olinda Nova do Maranhão, Mirador, Sucupira do Norte, Passagem Franca, Buriti Bravo, Penalva, Pinheiro, Pedro do Rosário, Presidente Sarney, Santa Helena, Turilândia, Santa Luzia, Santa Luzia do Paruá, Santa Rita, São José de Ribamar, São Luís, São Raimundo das Mangabeiras, Sambaíba, São Vicente Férrer, Tuntum, Tutóia e São Mateus.

No pedido de força federal para estes 44 municípios, o TRE-MA argumentou ser de “conhecimento geral que o processo eleitoral no país inteiro tem acarretado, com significativo aumento nos últimos pleitos, disputas acirradas entre grupos políticos locais que não raro desencadeiam episódios de violência ora contra eleitores, ora contra esta Justiça especializada, seu patrimônio, juízes e servidores.

O Estado do Maranhão não foge à regra, de modo que tanto nas eleições gerais de 2010 e 2014, quanto nas eleições municipais de 2008 e 2012, foram verificadas ocorrências de tumultos e manifestações de desordem que tinham por único objetivo prejudicar o bom andamento dos trabalhos e gerar um ambiente de insegurança institucional.

Ressalte-se, ainda, que o processo eleitoral municipal, por envolver forças políticas locais, cuja proximidade com o cidadão se dá por via direta, no âmbito cotidiano, torna a disputa pelos cargos eletivos mais contundente, fato que deve ser controlado pela Justiça Eleitoral. Ademais, cabe destacar que a quantidade de municípios para os quais foram solicitados o envio de Força Federal de Segurança denota a grande preocupação dos juízes eleitorais com a boa execução das eleições de outubro próximo, notadamente no que diz respeito à garantia da paz social e ao livre exercício do voto”.

Fonte: Globo.com

Jovem de 20 anos leiloa a própria virgindade

Quem dá mais
Uma mulher russa de 20, identificada apenas pelo nome Ariana, arranjou um método inusitado para conseguir dinheiro: resolveu leiloar a própria virgindade. Segunda a jovem, o dinheiro serviria para bancar seus estudos.

Segundo o jornal britânico Metro, Ariana pediu um lance inicial de EU$150 mil, o equivalente a cerca de R$ 540 mil. Na descrição do site, ela afirma que sonha em se mudar de país para estudar medicina, e esse foi o único jeito que conseguiu para financiar o projeto.

A jovem diz que leiloar a virgindade foi o único modo de conseguir financiar os estudos.

Ela ainda se define como uma mulher independente e resolvida. “Por que deveria perder minha virgindade com alguém que pode me magoar depois?”, questiona.
Ela ainda afirma que espera ser “arrematada” por uma pessoa que a trate com respeito.

(Com informações do Metro)


Fonte: LPM NEWS

Justiça eleitoral proibe uso de celular e selfie na cabina de votação

Foto Ilustrativa
A cabina de votação é o local reservado da seção eleitoral em que o eleitor pode expressar, com total sigilo e inviolabilidade, seu voto na urna eletrônica. Assim, quando se dirigir à cabina de votação, o eleitor deve tomar cuidado para respeitar as proibições contidas na legislação eleitoral para que tudo corra dentro da normalidade no instante do voto.

Com o objetivo de assegurar o sigilo da votação, não é permitido ao eleitor, na cabina, o uso de celular (inclusive para tirar “selfie” do momento do voto). Também são proibidos máquinas fotográficas, filmadoras, equipamentos de radiocomunicação ou qualquer instrumento que possa comprometer esse sigilo. Cabe à mesa receptora reter esses objetos enquanto o eleitor estiver votando.

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Admar Gonzaga ressalta que “quando o eleitor se dirige ao local de votação, é necessário ter em mente que está ali para o exercício de um direito de alta relevância na sua condição de cidadão”. “É um momento solene, em que ele exerce o seu direito de se expressar democraticamente para escolher, dentre os candidatos que concorrem, aqueles que entenda serem os mais aptos para exercer os cargos em disputa: cargos que determinam o exercício, pelo prazo de quatro anos, do mandato de prefeito e vereador, por exemplo, que cuidam das competências executivas e legislativas, respectivamente, no plano municipal”, acrescenta.

Sobre o sigilo do voto, o ministro salienta que “tão importante é esse direito que o cidadão deve exercê-lo com absoluta liberdade, ou seja, é dever da Justiça Eleitoral zelar para que o eleitor vote sem qualquer assédio, intervenção ou constrangimento”. “Mais que isso, a garantia do sigilo do voto se projeta como benefício para a sociedade, haja vista que a percepção de liberdade, para se manter íntegra, não pode ser abalada por episódios que se convertam em desconfiança contra o processo democrático. Com efeito, atuar contra a liberdade do voto, em qualquer hipótese, tem repercussão contra os interesses da sociedade e do país como nação. Isso porque o direito ao voto livre e consciente é um direito de igual valor para todos os cidadãos que estejam no pleno gozo de seus direitos políticos”, afirma o ministro.

Admar Gonzaga alerta que atentar contra a liberdade do voto é crime, conforme previsto no artigo 312 do Código Eleitoral (Lei nº 4.737/1965). “Portanto, caso o eleitor se apresente ao local de votação portando algum tipo de equipamento (máquina fotográfica, filmadora, celular, tablet etc.) capaz de registrar o próprio voto, deverá ser advertido a não utilizá-lo pelos mesários a serviço da Justiça Eleitoral”, observa.

“No caso de desobediência ou que a utilização desse tipo de equipamento seja apenas percebida após o exercício do voto, o fato deverá ser registrado em ata, pelo presidente da Mesa Receptora, para fins de apuração da hipótese de crime ou outra espécie de ilícito, dentre os quais a corrupção eleitoral, que, além de igualmente constituir crime, pode determinar a cassação do mandato do eleito, caso se apure a participação direta ou indireta do eleito no ilícito”, destaca o ministro.

Lembrete

No momento de votar, o eleitor pode levar para a cabina uma “cola”, um lembrete, ou seja, um papel com os números de seus candidatos para que possa marcar na urna eletrônica.

Manifestação silenciosa

No dia da votação, é permitida apenas a manifestação individual e silenciosa da preferência do eleitor por partido político, coligação ou candidato, revelada exclusivamente pelo uso de bandeiras, broches, dísticos e adesivos.

Fonte: Blog do Minard


domingo, 25 de setembro de 2016

Atenção! noticia urgente ! – Homens desaparece misteriosamente em cidade do interior do estado

O Homem desaparecido
Amós Fernandes está desaparecido! Ele saiu hoje, por volta das 09h:00 da manhã deste domingo(25), de sua residência na cidade de Centro do Guilherme-MA, com destino ao Fórum da cidade de Governador Nunes Freire-MA, minutos depois de sua saída, a família recebeu a informação de terem encontrado a moto e seus pertences entre as cidades maranhense de  Maranhãozinho e  Encruzo. 

Até o momento desta edição, o homem ainda não tinha sido encontrado.

 Quem tiver alguma notícia sobre o paradeiro de Amós Fernandes, favor entrar em contato com a família pelos telefones: (98) 9 8873 6469 - (98)  9 8779 2993 e (98)   9 8858 4404

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Candidata a prefeita Renata Martins dispara na preferencia do povo em Paulo Ramos

Renata Martins-Candidata a prefeita - Paulo Ramos
Em meados de junho, o que se ouvia falar é que Deusimar Serra estava eleito em Paulo Ramos. Mas antes mesmo da campanha começar, Renata Martins começou a mobilizar a juventude, se fortaleceu e a partir da convenção passou a quebrar recordes de público em seus eventos. Nem Dr. Tanclêdo, bem avaliado (com quase 70% de aprovação), arrastou multidões como Renata vem fazendo.

A grande multidão
No dia 10 Renata já havia feito o maior comício da história do Povoado Jejuí, e nesse último domingo (18), voltou a mostrar uma força jamais vista nas campanhas pauloramenses, dessa vez no Povoado Cassiano de Freitas.

Superlotação
Na ocasião o senador João Alberto falou que a Renata representa a nova política, que ela está preparada, por ser formada em Administração, e ainda disse que ela precisa continuar o excelente trabalho feito por Tanclêdo.

Foto aérea da grande multidão
O deputado federal João Marcelo disse que nunca havia visto um comício daquele tamanho em toda região, e disse também que a atual administração do município foi uma das melhores de todo o estado.


Um verdadeiro espetáculo no céu da cidade

Por: Carlinhos Filho
A mulher que antes era vista com deboche pelos adversários, preocupa a oposição que não consegue mobilizar nem metade do povo que o grupo de Renata tem mobilizado. E a campanha parece estar resolvida em Paulo Ramos.