Barra de Pesquisa

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Ministério Público do Trabalho diz que Greve geral é legítima

Greve Geral
O Ministério Público do Trabalho (MPT) divulgou uma nota assinada pelo procurador-geral do Trabalho, Ronaldo Fleury, na qual considera legítima a greve geral anunciada para esta sexta-feira. “A greve é um direito fundamental assegurado pela Constituição Federal”, diz o comunicado.
A nota ressalta ainda “a legitimidade dos interesses que se pretende defender por meio da anunciada Greve Geral como movimento justo” e também reafirma a posição institucional do MPT “contra as medidas de retirada e enfraquecimento de direitos fundamentais dos trabalhadores contidas no Projeto de Lei que trata da denominada ‘Reforma Trabalhista'”.
O comunicado foi emitido no mesmo dia em que o presidente Michel Temer decidiu cortar o ponto dos servidores federais que aderirem ao movimento dessa sexta-feira. O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), divulgou, também nesta quarta-feira, um vídeo dizendo que a greve não é justa: “só quem não quer trabalhar é que vai fazer greve”, diz ele no pronunciamento.
Leia, na íntegra a nota do MPT.
“O MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO, considerando a Greve Geral anunciada para o dia 28.04.2017, vem a público:
I – DESTACAR que a Greve é um direito fundamental assegurado pela Constituição Federal, bem como por Tratados Internacionais de Direitos Humanos ratificados pelo Brasil, “competindo aos trabalhadores decidir sobre a oportunidade de exercê-lo e sobre os interesses que devam por meio dele defender” ( art. 9º da CF/88);
II – ENFATIZAR a legitimidade dos interesses que se pretende defender por meio da anunciada Greve Geral como movimento justo e adequado de resistência dos trabalhadores às reformas trabalhista e previdenciária, em trâmite açodado no Congresso Nacional, diante da ausência de consulta efetiva aos representantes dos trabalhadores (Convenção OIT n. 144);
III – REAFIRMAR a posição institucional do Ministério Público do Trabalho – MPT contra as medidas de retirada e enfraquecimento de direitos fundamentais dos trabalhadores contidas no Projeto de Lei que trata da denominada “Reforma Trabalhista”, que violam gravemente a Constituição Federal de 1988 e Convenções Fundamentais da Organização Internacional do Trabalho;
IV – RESSALTAR o compromisso institucional do MPT com a defesa dos Direitos Sociais e com a construção de uma sociedade livre, justa, solidária e menos desigual”.
D’O Globo
Fonte: Neto Ferreira

Dono do supermercado central recorre ao suicídio em Olho D’Água das Cunhãs no Maranhão

Fachada do Supermercado Central
O Empresário Raimundo Gastão do Nascimento,  de 73  anos de idade,  foi encontrado morto por volta das 5h30 desta quinta-feira (27), no interior de seu estabelecimento comercial no município de Olho D’Água das Cunhãs.

De acordo com o o blogueiro e repórter, Antonio  Filho.  Raimundo Gastão era irmão do ex-prefeito Miguel Gastão(já falecido) fundador do Brasil Palace Hotel, em Bacabal.

          
Segundo familiares a vítima estava em tratamento contra a depressão.
                               
O Supermercado Central, onde o empresário recorreu ao suicídio por enforcamento, tem mais de 40 anos de existência.

Por: Sérgio Matias

QUE PENA -12 deputados maranhenses, votaram a favor da reforma trabalhista

Deputados em Brasilia
Apenas seis dos 18 deputados da bancada maranhense na câmara federal votaram contra a reforma trabalhista, sendo defensores dos direitos adquiridos pelo trabalhador.

A maioria dos deputados federais do Maranhão que deveriam representar o cidadão com responsabilidade, agiram como traidores ao votarem favorável a reforma trabalhista, dificultando a vida do trabalhador brasileiro. A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (26) por 296 votos a favor e 177 contrários, o texto-base da reforma trabalhista proposta pelo governo Michel Temer.

Essa é mais uma das metas do presidente da república Michel Temer que vem agindo sistematicamente para eliminar direitos trabalhistas, ou seja, eliminar diretamente o pobre trabalhador brasileiro. 

Pela garantia e permanência dos direitos trabalhistas votaram, Deoclides Macedo (PDT), Eliziane Gama (PPS), Luana Costa (PSB), Rubens Pereira Júnior (PCdoB), Weverton Rocha (PDT) e Zé Carlos (PT).

Votaram contra o trabalhador e agindo como traidores,  Alberto Filho (PMDB), Aluísio Mendes (PTN), André Fufuca (PP), Cléber Verde (PRB), Hildo Rocha (PMDB), João Marcelo (PMDB), José Reinaldo (PSB), Júnior Marreca (PEN), Juscelino Filho (DEM), Pedro Fernandes (PTB), Victor Mendes (PV) e Waldir Maranhão (PP).


Por: Ivan Silva

quarta-feira, 26 de abril de 2017

A safra não foi boa - Saiu a lista dos prefeitos que podem ser cassados pela Justiça Eleitoral do Maranhão


O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão divulgou recentemente que 168 processos, referente as eleições de 2016 estão tramitando de forma prioritária. Detalhando os números são 76 Ações de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE); 62 Ações de Investigação de Mandato Eletivo (AIME); 1 Recurso contra Expedição de Diploma e 27 Representações. Todas essas ações podem levar a cassação de prefeitos ou vereadores eleitos em 2016.

Em um levantamento feito pelo blog do Diego Emir foi possível apurar quais são os prefeitos que estão na mira da Justiça Eleitoral e quais municípios estão com suas eleições sob investigação. Chama atenção para alguns conhecidos como Edivaldo Holanda Júnior (PDT) em São Luís; Juscelino Oliveira (PCdoB) de Açailândia; Josinha Cunha (PR) de Zé Doca; Luís Amovelar Filho (PT) de Coroatá, entre outros.

Já entre os que possuem maior número de processos chama atenção para a cidade de Santa Luzia do Paruá com 12 AIME´s e três AIJE´S, o prefeito de lá é o Plácido Holanda (PSB). Outro município com número acentuado de ações está a cidade de Apicum-Açu com oito AIME´s, o prefeito de lá é o Claudio Cunha (PV).

Nessa condição de segredo de justiça estão AIME´s de 31 municípios e um completamente em sigilo absoluto sem identificar a cidade, e ainda mais dois de AIJE da cidade de Timon.Muitos dos processos estão tramitando na condição de segredo de Justiça, obedecendo o parágrafo 11 do artigo 14 da Constituição Federal, que abre o capítulo dos Direitos Políticos. “Essa lei já é ultrapassada, mas se ainda existe tem de ser cumprida“, explica o advogado em direito eleitoral Carlos Sérgio Barros.

Lembrando que o número de ações é maior que o número de prefeitos e municípios investigados, uma vez que existem casos de só um gestor ter 9 processos tramitando no TRE/MA.

O que é uma AIME?

A Aime é uma ação eleitoral que consta da Constituição Federal (Art. 14, §10). O instrumento permite que o mandato do candidato eleito possa ser impugnado perante a Justiça Eleitoral em até 15 dias após a diplomação. O objetivo é barrar o político que obteve o cargo por meio de abuso de poder econômico, corrupção ou fraude.  De acordo com a norma, a ação tramitará em segredo de justiça, embora o julgamento tenha de ser público. Se for julgada procedente, o Tribunal pode, de acordo com o caso concreto, declarar a inelegibilidade do representado e, ainda, cassar o registro ou o diploma do candidato.

O que é uma AIJE?

A Aije, prevista no artigo 22 da LC 64/90, por sua vez, só pode ser apresentada até a data da diplomação. Essa ação é utilizada durante o processo eleitoral e se aplica para impedir e apurar a prática de atos que possam afetar a igualdade de disputa entre candidatos em uma eleição, como ocorre nos casos de abuso do poder econômico, abuso do poder político ou de autoridade e utilização indevida dos meios de comunicação social. Condenado na Aije, o político pode ser enquadrado como inelegível.

Lista dos prefeitos investigados:

AIJE
  1. Açailândia – Juscelino Oliveira (PCdoB) – Distribuição irregular de brindes
  2. Anajatuba – Sidney Costa Pereira (PCdoB) – Abuso de poder político, abuso de poder econômico e pedido de declaração de inegibilidade (4 processos)
  3. Anapurus – Professora Wanderly (PSDB) – Investigação judicial
  4. Alto Alegre do Pindaré – Fufuca Dantas (PMDB) – Investigação judicial
  5. Axixá – Sônia Campos (PDT) – Investigação judicial (2 procesos)
  6. Bacuri – Dr Washington (PDT) – Abuso de poder econômico
  7. Balsas – Dr Erick (PDT) – Investigação judicial
  8. Barão de Grajaú – Gleydson (PCdoB) – Investigação judicial
  9. Barra do Corda – Eric Costa (PCdoB) – Abuso de poder econômico
  10. Bela Vista do Maranhão – Orias de Oliveira Mendes (PCdoB) – Investigação judicial
  11. Buriti – Naldo Batista (PCdoB) – Investigação judicial
  12. Cajari – Dra Camyla (PSDB) – Investigação judicial
  13. Centro Novo do Maranhão – Diva (PCdoB) – Captação ilícita de sufrágio
  14. Coroatá – Luís Amovelar Filho (PT) – Investigação judicial (4 processos)
  15. Esperantinópolis – Aluisinho (PCdoB) – Investigação judicial
  16. Feira Nova do Maranhão – Tiago Dantas (PCdoB) – Investigação judicial
  17. Governador Newton Belo – Roberto do Posto (PCdoB) – Investigação judicial
  18. Joselândia – Biné (PDT) – Abuso de poder político
  19. Lago da Pedra – Laércio Arruda (PSDB) – Segredo de Justiça
  20. Loreto – Mafran Bringel (PDT) – Propaganda irregular e abuso de poder econômico (2 processos)
  21. Magalhães de Almeida – Tadeu (PMDB) – Investigação judicial
  22. Milagres do Maranhão – Leonardo (PRB) – Investigação judicial
  23. Mirador – Roni (PCdoB) – Captação ilícita de sufrágio
  24. Mirinzal – Jadilson (PSB) – Investigação judicial
  25. Monção – Almeida (PCdoB) – Problema com domicilio eleitoral
  26. Parnarama – Raimundo Silveira (PROS) – Pedido de inegibilidade
  27. Paço do Lumiar – Domingos Dutra (PCdoB) – Abuso de poder econômico e político (2 processos)
  28. Peritoró – Padre Jozias (PTN) – Investigação judicial
  29. Pirapemas – Dr Iomar (PRB) – Investigação judicial (2 procesos)
  30. Vargem Grande – Carlinhos Barros (PCdoB) – Investigação judicial (3 processos)
  31. Ribamar Fiquene – Edilomar (PCdoB) – Representação (2 processos)
  32. Santa Luzia – França do Macaquinho (PP) – Investigação judicial
  33. Santa Luzia do Paruá – Placido Holanda (PSB) – Investigação judicial (3 processos)
  34. Santo Amaro – Luziane (PP) – Captação ilícita de sufrágio
  35. São Benedito do Rio Preto – Mauricio Fernandes (PCdoB) – Investigação judicial
  36. São Luís – Edivaldo Holanda Júnior (PDT) – Investigação judicial
  37. São Pedro da Água Branca – Pelezinho (PSB) – Investigação judicial
  38. Timbiras – Dr Antônio Borba (PSDB) – Abuso de poder econômico
  39. Timon – Luciano Leitoa (PSB) – Captação e gastos ilícitos
  40. Turiaçu – Umbelino Ribeiro (PV) – Investigação judicial
  41. Zé Doca – Josinha Cunha (PR) – Investigação judicialRecurso contra expedição de diploma 
    1. Chapadinha – Magno Bacelar – Prefeito do PV
    Representação
    1. Balsas – Dr Erik (PDT)
    2. Davinopolis – Segredo de Justiça
    3. Esperantinopolis – Aluisinho (PCdoB)
    4. Igarapé do Meio – Almeida (PCdoB)
    5. Luís Domingues – Gilberto Braga (PSDB) – 2 processos
    6. Pirapemas – Dr Iomar (PRB) (2 processos)
    7. Presidente Sarney – Valéria Castro (PCdoB)
    8. Sambaíba – Dr Santana (PSD)
    9. Santo Amaro do Maranhão – Luziane (PP)
    10. São Raimundo das Mangabeiras – Rodrigo Coelho (PCdoB)
    11. Sucupira do Norte – Leila Rezende (PSB)
    12. Zé Doca – Josinha Cunha (PR)
Lista dos municípios que prefeitos e/ou vereadores estão sob investigação:
AIME
  1. Açailândia – 2 processos – Prefeito do PCdoB
  2. Alcântara – Prefeito do PCdoB
  3. Anajatuba – Tudo em segredo – Prefeito do PCdoB
  4. Apicum-açu – 8 processos por abuso de poder econômico – Prefeito do PV
  5. Barreirinhas – Prefeito do PMDB
  6. Bela Água do Maranhão – Prefeito do PTN
  7. Bom Jardim – 4 processos – Prefeito do PSDB
  8. Buriti – Prefeito do PCdoB
  9. Carutapera – Prefeito do PR
  10. Centro Novo do Maranhão – Prefeito do PCdoB
  11. Coroatá – Prefeito do PT
  12. Davinopolis – 2 processos – Prefeito do PRB
  13. Governo Edison Lobão – 2 processos – Prefeito do PCdoB
  14. Governador Newton Bello – Prefeito do PCdoB
  15. Guimarães – Prefeito do PV
  16. Maracaçumé – Prefeito do PRB
  17. Monção – Prefeito do PCdoB
  18. Parnarama – 2 processos – Prefeito do PROS
  19. Poção de Pedras – Prefeito do PCdoB
  20. Ribamar Fiquene – Prefeito do PCdoB
  21. Santa Helena – Prefeito do PTB
  22. Santa Inês – Prefeito do PSDB
  23. Santa Luzia – Prefeito do PP
  24. Santa Luzia do Paruá – 12 processos – Prefeito do PSB
  25. São João dos Patos – Prefeito do PDT
  26. São Luís – Prefeito do PDT
  27. Tufilândia – Prefeito do PSDB
  28. Urbano Santos – 2 processos – Prefeita do PT
  29. Viana – Prefeito do PSDB
  30. Vargem Grande – Prefeito do PCdoB
  31. Zé Doca – (2 processos) – Prefeito do PR
  32. SIGILOSO –
  Por: Diego Emir

Ex, vereador de Lago da Pedra Mazolene Coelho é assaltado agora a pouco e ladrões levam seu cordão de ouro

Dois adolescentes acabaram de assaltar o ex-vereador Mazolene Coelho. Masolene estava conversando em uma residencia com uma senhora, quando os assaltantes o abordaram, levando seu cordão de ouro, e também o celular da mulher que conversava com ele.


O assalto aconteceu agora a pouco, por volta das 19:30hs, perto de um clube de festa denominado; ZANGA,  bem próximo da oficina; "Daniel Motos", no bairro Vieira Neto. Saída de Lago da Pedra, sentido a cidade de Paulo Ramos-MA.

terça-feira, 25 de abril de 2017

VEM AÍ !!! - Show com Washington Brasileiro dia 20 de maio em Lago da Pedra - MA.

Lago da Pedra – MA, se prepara para sediar um dos shows mais esperado do ano, com o forrozeiro, Washington Brasileiro.

O show está sendo muito comentado e a repercussão é positiva  por toda cidade.

Washington Brasileiro é um  dos forrozeiros que por onde passa, arrasta uma grande multidão por ter um estilo forrozeiro diferenciado e voltado ao povão que gosta do estilo forró arrochado.

Em Lago da Pedra, o show será realizado no parque rancho verde, dia 20 de maio(2017), na comunidade Centro do Agostinho, que fica a 3 km do centro da cidade.

Uma grande estrutura de som, palco e iluminação será montada  no local, para receber o grande publico que deverá comparecer na festa.

Uma grande tática com segurança policial, será mantida no local, para garantir  a segurança de todos.


O show contará com a participação do cantor Marquinhos, uma atração local.

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Marido da ex-prefeita de São Raimundo do Doca Bezerra, sofre acidente na BR - 316 em Caxias

A ex-prefeita com o marido
O médico Dr. Francisco Filho, marido da ex-prefeita Arlene Uchôa (PT), de São Raimundo do Doca Bezerra, sofreu um grave acidente na BR – 316, próximo a cidade de Caxias; por um milagres não se tornou em mais uma tragédia naquela perigosa rodovia.

O acidente aconteceu na quarta-feira da semana passada, mas somente hoje (21), o médico se sentiu a vontade para falar no assunto.

O carro do acidente
Segundo Dr. Francisco, em conversa com o blogueiro Carlinhos Filho nesta manhã, ele trafegava sozinho em direção à cidade de Paulo Ramos, onde trabalha, quando bateu violentamente em um animal que estava no meio da pista; o impacto avariou a frente do veículo.

“Eu vinha de Teresina em direção a Paulo Ramos; logo depois de Caxias fui surpreendido com um jumento na pista e aconteceu a inevitável colisão. Infelizmente o animal morreu e eu sofri várias escoriações pelo corpo, mais por conta do airbag do carro que foi acionado; hoje, depois de dez dias, as dores e as marcas já estão sumindo; um motorista que vinha logo atrás parou e me socorreu. Ele ficou comigo, no carro dele, até a minha esposa Arlene chegar.

Airbag salva vida do médico
Estou vivo graça a providência de Deus. Se fosse um carro menor não estaria aqui vivo, contando a história tamanha a violência do impacto. A SW4 é um carro grande e absorveu o impacto, ela ficou destruída, mas preservou a minha vida. SW4 é carro de homem”, contou Dr. Francisco Filho.

Dr. Francisco Filho, também um líder político de São Raimundo do Doca Bezerra, está recuperado do acidente, está bem e já voltou as suas atividades normais. Hoje ele realiza plantão no município de Joselândia.





Fonte: Blog do Carlinhos


Ex-prefeito de Miranda do Norte - MA, sofre acidente na BR - 135

Ex-prefeito de Miranda do Norte, Junior Lourenço
O ex-prefeito do município de Miranda do Norte - MA, Júnior Lourenço, se envolveu num grave acidente de carro, na noite desta quinta-feira, dia 20.

Segundo informações repassadas, o ex-prefeito estava a caminho de São Luís, quando um carro de pequeno porte fez uma ultrapassagem e não deu tempo de concluir a passagem.

O carro depois do capotamento
Foi então que Lourenço, numa SW4 preta, teve que desviar do carro e perdeu o controle capotando três vezes e descendo o barranco. O acidente ocorreu entre Entroncamento e Miranda.

O carro de Júnior Lourenço, conforme mostra as imagens, ficou todo destruído. Ele foi levado ao hospital, mas recebeu alto e passa bem.




Por: Rayssa Araújo